Controlo de Gestão: A Ferramenta Empresarial do Século XXI

Controlo de Gestão: A Ferramenta Empresarial do Século XXI
24 Julho, 2018 Ahptus
In Gestão

A era da globalização veio assumir um papel paradoxo no ambiente empresarial da última década. Por um lado, proporcionou às empresas a possibilidade de entrar em novos mercados, aumentar o volume de negócios e reduzir custos através das economias de escala. No entanto, veio também apresentar novas dificuldades como o aumento da concorrência, gradual instabilidade e a incerteza facultada pelo crescimento irregular dos mercados.

Sistemas de Controlo de Gestão: porquê, como e para quê?

Neste cenário de elevada exigência económico-financeira, as empresas precisam de se ajustar com celeridade aos desafios com que se deparam diariamente e às constantes variações dos mercados. Assim sendo, mais do que capacitadas para corrigir, as empresas precisam de ter a capacidade de antecipar os problemas internos no sentido de os impedir e evitar derrapagens financeiras e orçamentais.
Importa salientar que este tipo de capacidade de antecipação não deve recair apenas sobre a experiência e know-how da equipa de Gestão. Deve antes basear-se em modelos e ferramentas concretos que forneçam dados fiáveis, passíveis de retirar conclusões contributivas para a tomada de decisões. Neste contexto, torna-se incontornável a ponderação das potencialidades informativas dos Sistemas de Controlo de Gestão, desde que os mesmos se encontrem correctamente focalizados e parametrizados para a avaliação das métricas pretendidas.
É certo que a implementação de Sistemas de Controlo de Gestão permite impulsionar a minimização de erros e a maximização da eficiência da gestão de recursos, conduzindo a consideráveis melhorias de desempenho. No entanto, e para que isto se verifique, cada Sistema deve ser personalizado e adequado a cada organização. Deve-se ter em consideração que empresas do mesmo sector podem apresentar estruturas operacionais e financeiras inteiramente díspares.
Da mesma forma, não basta pegar em modelos – como por exemplo o conhecido Balance Scorecard – e “preenchê-los” com os dados da empresa. Revela-se fundamental que os executivos saibam analisar os dados e as informações fornecidas pelos modelos.
Assim sendo, é imperativo que a empresa disponha de gestores ou controllers, sejam estes colaboradores internos ou consultores externos, dotados de competências que permitam a correta análise e interpretação dos dados facultados. Isto permite que estes dados se convertam em informação e consequente conhecimento por parte das equipas de Gestão.

Quer melhorar a gestão da sua empresa e não sabe por onde começar? Fale com a Ahptus, queremos ajuda-lo a fazer crescer a sua organização. Conheça o nosso serviço de Apoio à Gestão.

“O sucesso na gestão exige aprender à velocidade a que o mundo muda.”
Warren Bennis

Comments (0)

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*